A verdade sobre os Alimentos de Soja: Engordam? Faz mal?

0

Uma das maiores dúvidas é se os alimentos de soja fazem mal ou não à saúde. Saiba desde já que a soja é rica em nutrientes e pode ajudar sim a nossa saúde, mas deve ser consumida com cautela. Entenda melhor a seguir.

Alimentos de Soja

O que é a soja?

Soja é um grão de origem chinesa que é consumido na alimentação há mais de 5 mil anos e atualmente também é usado na produção de vários produtos. Pode ser consumida em forma de óleo, leite, proteína texturizada (carne), farinha e muitos outras formas, sendo estas as mais populares no Brasil.

É conhecido por ser um alimento completo, de alto valor nutricional. Na sua composição, podemos entrar um alto teor de proteínas vegetais, como também fibras, óleos, cálcio, fósforo, ferro, potássio, magnésio, vitaminas B e E, ômega 3 e 6 e outros carboidratos e lipídios.


Principais benefícios dos alimentos de soja

Em meio ao mistério se a soja faz mal ou não (falaremos logo mais), saiba que é um grão extremamente benéfico quando consumido em quantidades saudáveis na alimentação. Confira alguns dos benefícios que a soja pode trazer:


1. Aumento da massa muscular

As proteínas são os principais nutrientes requisitados quando o assunto é formação de músculos. Sendo assim, se você busca uma fonte rica para ter crescimento muscular, pode inserir a soja na alimentação.

No entanto, deve ser consumida com cautela, porque soja em excesso pode prejudicar nesse mesmo quesito, já que tem poder conversor de testosterona em estrogênio e pode prejudicar o físico, principalmente dos homens.

2. Saudável para as mulheres

Estudos comprovam que a composição nutritiva rica da soja pode ajudar em alívio de sintomas da menopausa, principalmente com relação aos calores e suores noturnos. Além disso podem evitar doenças como cânceres de mama ou do útero.

3. Opção mais saudável para quem não come carne

A soja é riquíssima em proteínas, sendo a principal substituta a quem adere estilos de vida sem consumir produtos de origem animal. Além de ser fonte de proteína, tem bastante ferro e vitaminas do complexo B, incluindo a B12 que é mais encontrada em carnes do que em fontes vegetais.

4. Redução do colesterol ruim

Estudos comprovam que trocar a carne tradicional pela carne de soja, pelo menos alguns dias na semana, já podem influenciar na queda do colesterol ruim. Isso porque a gordura presente na soja não faz mal nenhum.

5. Redução da pressão arterial

Também já foi relatado que quem sofre de pressão alta (hipertensão) deve consumir soja no dia a dia a fim de reduzir os sintomas e evitar doenças graves.

Alimentos de soja: Engordam ou emagrecem?

Segundo uma pesquisa feita em 2007 pela Universidade de Illinois, nos EUA, consumir soja afeta diretamente um hormônio ligado ao apetite chamado leptina (Mundo Boa Forma). A pesquisa foi feita com ratos de laboratório, mas chamou muito a atenção pelos resultados.

Sabe o que isso significa? Que seu corpo vai reduzir consideravelmente mensagens ligadas à fome e gula. A soja é digerida lentamente no organismo, pois é um grão complexo. Seu alto número de fibras oferece saciedade por muito mais tempo, evitando aqueles picos bruscos de fome que já afeta o apetite na hora.

Além disso, uma porção de carne soja possui bem menos calorias que porções de origem animal. Sendo assim, trocar carne por soja nas refeições torna seu prato bem menos calórico e isso colabora para a perda de peso.

Afinal, alimentos de soja fazem mal ou não?

Em contrapartida, a soja também pode ser uma vilã horrível na sua vida. Nem parece possível em meio a tantos benefícios, não é? Saiba que seus males estão ligadas à quantidade ingerida e também a algumas substâncias consideradas nocivas presentes na sua composição.

Confira alguns malefícios provenientes da soja:

– A soja pode ser extremamente ácida para o sangue se consumida em altas quantidades, e um sangue ácido traz doenças como artrite, artrose, alergias, queda de cálcio, dentre outras consequências graves;

– Tem alto teor de isoflavonas, substância que atua como disruptor endócrino, ou seja, que interfere nos hormônios do corpo;

– Em excesso, também pode afetar a testosterona e fertilidade nos homens;

– Também pode afetar os hormônios nas mulheres e com isso causar problemas na saúde, como distúrbios hormonais e até câncer de mama;

– Contém muitos ácidos graxos e isso pode levar a inflamações pelo organismo;

– Pode afetar as funções normais da tireoide também por conta do alto teor de isoflavonas; dentre outros.

E então, comer ou não? De fato a soja é rica em nutrientes e isso é positivo sim. Mas esta não deve ser consumida regularmente por conta dos fatores tóxicos e de interferência hormonal que podem causar.

Se você é vegetariano ou vegano e se alimenta muito de soja, o ideal é procurar mais opções protéicas e não focar apenas na soja, caso contrário, problemas de saúde poderão ser comuns.

Pode dar alimentos de soja para bebê?

O conselho é que bebês não consumam soja, justamente pela presença das isoflavonas. Atrapalhar a produção hormonal em bebês pode causar problemas neurológicos e transtornos, como hiperatividade.

Soja também tem muito alumínio, em altas concentrações para o bebê. De fato, o leite materno ainda vem sendo o alimento mor para os bebês, inclusive em teor nutricional para o início da vida, mais que a soja em si.


Sobre alguns alimentos de soja

Conheça algumas das opções de alimentos de soja populares no Brasil:

1. Carne de soja

Também chamada de proteína texturizada de soja ou PTS, a carne de soja é a “carne vegetal” mais consumida no mundo. É uma fonte rica de proteína e sua textura lembra muito a carne moída.

2. Leite de soja

Também fácil de ser encontrado, trata-se do extrato da soja em forma líquida, como um leite mesmo. É uma opção ao leite animal, também sendo nutritiva, e até encontrada no mercado em diferentes sabores.

3. Molho Shoyu

Tem gente que não sabe, mas aquele molho escuro salgadinho que você adora é feito de soja. Famoso no Oriente, o shoyu é uma opção saudável de salgar a comida sem usar o sal tradicional de cozinha e tempera com muito sabor saladas, carnes, arroz, dentre outros pratos.

4. Tofu

Também é conhecido como queijo de soja, pela textura e aparência semelhantes. Inicialmente, não tem gosto nenhum, mas pode ser temperado à sua preferência para ser consumido.

5. Farinha de soja

Nada mais é que a proteína da soja moída em ponto de farinha. É usada como substituta de farinha de trigo ou outras farinhas para criar massas, bolos, farofas, dentre outras receitas. É uma boa troca para obter mais nutrientes nessas receitas.

6. Óleo de soja

Bastante usado pelos brasileiros, o óleo de soja é um produto importante na cozinha em muitas receitas. No entanto, seu consumo é considerado prejudicial à saúde, abrangendo desde os transgênicos nos grãos ao uso em frituras, por exemplo.

Avalie este post

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here