Maltodextrina: O que é? Faz bem? Como tomar? Engorda?

0

Muitos frequentadores de academia e praticantes de esportes e outros exercícios físicos têm como aliada a maltodextrina, que é uma ótima fonte de energia. A seguir, conheça os benefícios da maltodextrina, se ela pode fazer mal à saúde, como tomar da forma correta e muito mais.

Maltodextrina

O que é maltodextrina?

Também encontrada em suplementos com o nome de malto ou apenas dextrin, a  maltodextrina é um carboidrato complexo obtido a partir da hidrólise do amido, o qual é encontrado em cereais, raízes ou tubérculos; as fontes mais comuns é o milho ou a mandioca.

Constitui-se de polímeros de glicose, sendo um dos carboidratos complexos de mais fácil e rápida absorção pelo organismo.

Por essa razão, é considerada uma fonte de energia intensa e quase que imediata para quem pratica exercícios e quer uma dose extra de pique. É vendida no mercado em forma de gel, pó ou dentro da composição de algum outro suplemento de combinação mais completa.

Qual é a função da maltodextrina?

Quando consumida antes de um treino ou de começar qualquer outra atividade física, a maltodextrina tem a função de acrescentar doses extras de glicose no organismo, as quais se transformam em energia.

Se consumida após um treino ou prática de esporte, a maltodextrina pode ter outra função, que é auxiliar a reposição de glicogênio nos músculos. Isso evita que as proteínas formadas e adquiridas através da alimentação, suplementação e dos exercícios em si sejam perdidas e transformadas em energia; ou seja, ajuda na recuperação e manutenção muscular.

É bom tomar maltodextrina?

Para quem pratica atividade física, tomar maltodextrina é bom sim! É uma das fontes naturais de energia mais completas, saudáveis e seguras à saúde, muito mais que outros carboidratos como arroz ou macarrão, por exemplo, que metabolizam rápido e estocam com facilidade. Para entender melhor como a maltodextrina pode fazer bem, confira os benefícios a seguir.

3 principais benefícios da maltodextrina

1. Ideal para a prática de exercícios aeróbicos

Exercícios aeróbicos demandam energia do início ao fim e a maltodextrina dá conta disso. Por isso, muitos atletas de futebol ou tênis, corredores, dançarinos e afins têm como aliada a maltodextrina, pois é de rápida absorção e mantém a energia até o fim.

2. Não causa quedas de glicose

Carboidratos não complexos são rapidamente metabolizados, fazendo com que haja quedas bruscas de glicose no sangue. Como a maltodextrina é um carboidrato completo, esse risco não ocorre.

3. Ideal para quem pratica musculação

Para quem malha, tomar maltodextrina após os treinos reforça o ganho de massa muscular, evitando que as proteínas formadas se convertam em reposição de energia. Também cuida da preservação dos novos músculos formados, reparando microlesões e tornando-os mais fortes.

Faz mal tomar maltodextrina?

A maltodextrina é um carboidrato indicado apenas para a nutrição esportiva, ou seja, aquela relacionada a pré e pós-treinos. Se consumida aleatoriamente, sem objetivo esportivo, a maltodextrina pode fazer mal sim.

Uma pessoa não pode ter seu índice glicêmico elevado e não gastar a energia em si com alguma atividade. Esse pico de glicose automaticamente aumenta os níveis de insulina, que depois gera a queda da glicose, e isso traz sintomas como mal estar, tontura, diarreia, vômitos e queda de pressão. Sendo assim, jamais tome algum carboidrato complexo como maltodextrina fora da nutrição esportiva.

Maltodextrina engorda?

Conforme dito acima, a maltodextrina quando tomada fora das finalidades esportivas aumenta consideravelmente os níveis de glicose no sangue e isso leva à perda de peso sim. Portanto, maltodextrina pode engordar sim.

Mas no caso de quem tomar para ter mais energia e praticar as atividades físicas, saiba que a maltodextrina não engorda nesses casos, pois é rapidamente convertida em energia e não dá tempo se converte em gordura e criar estoques no corpo.

Como tomar maltodextrina?

Depende do tipo de exercício físico a ser realizado. Para quem faz exercícios aeróbicos, que demandam movimentos repetitivos do corpo, que aceleram o metabolismo do início ao fim, o recomendado é tomar maltodextrina antes ou durante o exercício em si, para turbinar ou manter os níveis altos.

Já para quem faz musculação e busca a hipertrofia muscular, o recomendado é tomar maltodextrina após o treino com a finalidade de reposição de energia e reparação muscular. Não é recomendado tomar a maltodextrina nos dias de folga, em que a pessoa não vai malhar. A forma como deve ser tomada depende do gosto da pessoa, que pode ser em gel ou pó diluída em água.

Quanto às quantidades ideais, isso varia de acordo com o objetivo, peso, tipo de dieta e demais detalhes sobre cada pessoa. No geral, os nutricionistas recomendam de 1 a 3 colheres de maltodextrina em pó para cada 250 ml de água. Consulte seu médico para saber qual a melhor dosagem para seu caso.

Preço da maltodextrina

O preço dos produtos variam de acordo com a apresentação e fabricante, podendo ser grandes potes do suplemento em pó ou ainda sachês de gel com doses únicas para serem tomadas de uma vez. Em média, um pacote com 1kg de maltodextrina em pó custa de R$10 a R$30 reais, depende da marca. Já os sachês individuais podem custar menos que R$10 reais.

Avalie este post

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here