Fisiculturismo feminino: Para iniciantes, como começar, categorias

0

Cada vez mais as mulheres estão buscando por aperfeiçoar seus corpos através da musculação, o que faz com que muitas busquem também pela arte do fisiculturismo feminino. Você está interessada? Então continue na leitura que a gente vai te inserir nesse mundo esportivo da musculação.Fisiculturismo feminino

O que é o fisiculturismo feminino?

Faz parte do mundo do fisiculturismo feminino a prática constante de exercícios de musculação, com as intenções de ganhar volume de massa magra (hipertrofismo), em paralelo a dietas balanceadas e outros exercícios físicos.

Esses níveis altos de massa muscular só acontecem depois de o corpo perder muita gordura corporal, chegando em praticamente 0%, por isso no fisiculturismo os músculos são tão evidentes e marcados visualmente.


Diferentemente do fisiculturismo masculino, o fisiculturismo feminino tem suas especificações de rotinas, exercícios, alimentação e suplementação específicos para o corpo da mulher, respeitando tempo, hormônios e outras características que as diferenciam dos homens.


Toda essa rotina em busca de excelência nos resultados faz parte de uma nova com acompanhamento ideal de médicos como um nutricionista e também especialistas na arte do bodybuilding. No início, será bem complicado, mas com o tempo, você vai estar muito mais focada, motivada e empolgada sempre querendo mais e o melhor, querendo participar inclusive das competições com outras mulheres!

Categorias do fisiculturismo feminino

E quando der vontade de mostrar seus resultados para o mundo, existem as competições de Bodybuilding, que destacam as pessoas que mais tiveram garra e determinação na sua jornada em busca do corpo perfeito. Dentre os critérios julgados numa competição estão volume muscular, definição muscular, simetria (igualdade entre os músculos de ambos os lados do corpo) e também proporção (tamanho e harmonia nos grupos musculares), vai depender da categoria avaliada. Conheça abaixo as categorias do fisiculturismo feminino:fisiculturista

  1. Bikini: Esta é a primeira categoria da competição, que apresenta mulheres de corpo sarado e com leve definição muscular. O uso do biquíni é obrigatório, sendo também permitido uso de maquiagem e óleo no corpo para realçar os músculos.
  2. Wellness: Esta é a segunda categoria da competição, e é um pouco mais rígida. O nível de definição muscular é maior, com pouquíssimo percentual de gordura e a mulher deve ter aparência saudável também.
  3. Bodyfitness: Esta é a terceira categoria da competição, na qual o nível já é mais profissional. Aqui é necessário que a competidora tenha ombros mais largos, braços bem malhados, alto volume muscular e pernas fortes. O corpo dessas mulheres se assemelham muito ao formato da letra Y. Nesta categoria, é obrigatório que a mulher tenha 0% de gordura corporal.
  4. Women’s Physique: Esta é a quarta categoria da competição, de nível extremamente profissional. Os 4 critérios de julgamento serão avaliados nessas mulheres que levaram seu desenvolvimento muscular e definição ao máximo, respeitando anatomia, volume e silhueta feminina.
  5. Culturismo: Esta é a quinta e mais exigente categoria da competição. Noela são avaliados de forma muito exigente todos os critérios, além do profissionalismo da candidata.

O que é preciso para ser fisiculturista?

Antes de tudo, é preciso força de vontade e muita dedicação, afinal é um novo estilo de vida que está por vir. Ter foco e entender seus objetivos também é de extrema importância, pois é isso que vai te mover a buscar sempre pela perfeição. Você deve saber que vai treinar em níveis fora do comum, testar seu trabalho corporal ao máximo e também trabalhar muito a sua mente com isso tudo. Esteja preparada também para uma nova rotina de dietas pesadas, suplementação, ciclos, descansos, entre outras práticas importantes para o sucesso nos seus objetivos na hipertrofia.

O ideal é, principalmente no início, ter um professor de educação física ou personal trainer te orientando e treinando da melhor forma com exercícios de força, dicas de hipertrofia, de definição muscular, etc. Treinar com alguém é muito melhor do que treinar sozinho, pois é alguém que vai te acompanhando, corrigindo seus erros e, nos melhores casos, te ajuda moralmente também. E mais à frente, quando tiver o objetivo de competir, algum orientador com especialidade na arte do fisiculturismo para te treinar para as competições, ensinando presença de palco, as poses das categorias, etc.

Dicas de como se tornar uma fisiculturistacomo se tornar uma fisiculturista

  • Pra quem tá começando: Procure uma boa academia na sua cidade, pois você deverá começar a construção de músculos num estabelecimento profissional. Além disso, todo bom competidor treina numa boa academia sempre.
  • Entenda sobre os grupos musculares: Busque conhecimentos básicos da anatomia e entenda os focos que você deve ter através do fisiculturismo, até adquirir o porte físico dos seus sonhos.
  • Organize suas metas e respeite seu tempo: Vá com calma e dê um passo de cada vez, sem pressa e sim foco. Se você precisa emagrecer primeiro, foque nisso; se você precisa ganhar peso, foque nisso também. Se você priorizar ganhar medidas extremas logo de cara, seus treinos irão por água abaixo.
  • Pratique os exercícios corretamente: Aprenda as execuções corretas das atividades musculares para os resultados surgirem da melhor forma, pois fazer exercício errado pode te machucar e também é perda de tempo. Aprenda com seu orientador e outros fisiculturistas da sua academia a melhorar sempre sua performance.
  • Consulte um nutricionista: Novas necessidades alimentares e suplementares surgirão na sua vida em busca de ser fisiculturista, sendo assim os conselhos e regras vindos de um nutricionista serão necessários. Será feita uma dieta exclusiva ao seu corpo e aos seus objetivos, com as calorias e nutrientes ideais às suas metas.
  • Hidratação é muito importante: O corpo trabalha melhor quando estamos bem hidratados. Estima-se que para cada 10 a 20 minutos de exercício físico precisamos de 300 ml de água. Evite isotônicos cheios de açúcar, optando por água ou água de coco para repor os eletrólitos perdidos.
  • Foque no ganho muscular: Agachamento, levantamento, desenvolvimento de ombros, supino, barra fixa, remada, entre outros. Todos exercícios exclusivos que focam no ganho alto de massa muscular. Busque orientação profissional para fazer de acordo com suas limitações. E fuja da estagnação! Se as séries e peso que você pegar estiverem fácil demais, parta para o upgrade o quanto antes.
  • Entenda a importância do descanso: O “respiro” entre séries no seu treino são importantes para evitar lesões e fadigas extremas. E no dia a dia, boas noites de sono e longos períodos de descanso também são prioridade, afinal não músculo não cresce somente durante a musculação, como também em casa nos momentos de descanso, isso é a hipertrofia.
Fisiculturismo feminino: Para iniciantes, como começar, categorias
Avalie este post

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here