Silimarina: O que é, para que serve, efeitos colaterais, emagrece? Saiba!

0
1

Hoje falaremos sobre uma substância chamada Silimarina, um importante tipo de antioxidante que pode ajudar a melhorar a saúde e ainda emagrecer. Mas será que funciona mesmo? Faz mal? Tem efeitos colaterais? Encontre respostas para todas essas perguntas a seguir.


Silimarina

O que é Silimarina?

Silimarina é o nome dado a um composto natural de ativos extraídos de uma planta medicinal chamada cardo do leite, que é uma “prima” próxima das margaridas e das ambrósias.

cardo do leite

Portanto é 100% natural, sendo classificada como um medicamento fitoterápico. Em sua composição são encontrados inúmeros flavonoides, fazendo dela uma das substâncias naturais mais ricas em antioxidantes atuando contra toxinas, radicais livres, envelhecimento precoce, doenças degenerativas e também cuida muito da saúde do fígado.

Para que serve Silimarina?

A Silimarina serve para auxiliar em diferentes tratamentos de doenças no fígado como hepatopatias crônicas, cirroses ou lesões tóxicas, auxilia de forma natural na melhora dos sintomas como distúrbios digestivos, cefaleia, anorexia, dentre outros; essas dores passam por conta da ação espasmolítica que ajuda a evitar contrações musculares.

Quando associada a outras substâncias como o DL-metionina ajuda a reduzir ou bloquear a entrada de gordura no fígado. Além disso, essa eliminação de toxinas não metabolizadas pelo fígado traz inúmeros benefícios ao organismo no geral.


Como funciona Silimarina?

A Silimarina atua no organismo impedindo a oxidação dos lipídeos nos hepatócitos, que são as células do fígado. Sendo assim, ela oferece mais proteção e integridade ao fígado, mantendo a função hepática regular e com mais defesa contra toxinas, sejam de origens internas ou externas. Ela também atua no organismo aumentando a síntese proteica.

Benefícios da Silimarina

  • Proteção do fígado;
  • Antioxidante natural;
  • Anti-inflamatório natural;
  • Regenerativo;
  • Estabilizar de membranas celulares, combatendo permeabilidade de gorduras e toxinas;
  • Regulador metabólico;
  • Auxilia no tratamento de inflamações hepáticas crônicas, cirroses, lesões por toxinas, hepatopatia alcóolica, hepatites, úlceras gástricas, dentre outros distúrbios gastrointestinais.

Efeitos colaterais da Silimarina

Alguns efeitos colaterais podem ser percebidos no início dos tratamentos com Silimarina, independente da forma de consumo, que pode ser em forma do chá da planta, suplemento ou ainda como um ativo presente em algum medicamento. São eles:

  • Diarreia;
  • Excesso de flatulência;
  • Inchaços ou dores na barriga;
  • Náuseas.

Nem todo mundo manifesta os sintomas acima, mas costuma ser comum nos primeiros dias do tratamento por conta da adaptação do corpo.

Esses efeitos também podem surgir em casos de consumo exagerado da substância, portanto é importante consumir de acordo com a prescrição médica, sem excessos.

Além disso, é importante dizer que pessoas com alergias à substância, grávidas, lactantes, crianças ou em tratamentos de outras doenças como gastrite, úlceras, hipertensão e problemas renais não devem consumir; ou devem no mínimo consultar o médico com antecedência.

Silimarina funciona mesmo?

Há anos a Silimarina vem sendo usada nos tratamentos de doenças no fígado e outras gastrointestinais através de suas propriedades anti-inflamatórias.

Ela costuma controlar sintomas e até mesmo reverter os quadros clínicos dos pacientes que consomem da forma correta.

Sendo assim, funciona sim, mas não se automedique. Procure um médico antes de consumir e veja se seu caso realmente necessita do uso dessa substância.

Posologia: Como tomar Silimarina?

É indicado pelos médicos tomar Silimarina em forma de suplemento com uma cápsula por dia, geralmente depois do almoço; a dose diária recomendada é de até 420 mg por dia, mas a quantidade pode variar de acordo com seu estado de saúde e somente o médico pode alterar a sua dosagem diária.

Já nas versões de chá da substância, mais consumida como método de prevenção de doenças, você pode tomar no máximo até 3 xícaras por dia.

Preço da Silimarina

Depende muito da forma como você vai consumir, se é em forma de medicamento combinado, suplemento natural ou em chá. O produto manipulado costuma custar em torno de R$40 reais. As folhas secas da planta em lojas de produtos naturais custam bem baratinho, variando de acordo com a quantidade comprada.

Silimarina emagrece?

Este é um dos mitos sobre essa substância, pois Silimarina não tem função alguma para o emagrecimento. Sua função é tratar o fígado e prevenir o organismo de doenças.

Portanto, se você já ouvir falar em algum lugar ou por algum amigo seu que Silimarina emagrece, não caia nessa.

O que pode acontecer é a pessoa se sentir menos inchada, mais saudável naturalmente, e achar que foi efeito emagrecedor do produto, sendo que é apenas uma consequência da saúde do fígado; mas a razão para tomar é tratar ou evitar doenças, não emagrecer.

Silimarina: O que é, para que serve, efeitos colaterais, emagrece? Saiba!
Avalie este post

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here