Sibutramina: Emagrece mesmo? Faz mal? Efeitos colaterais, antes e depois

0
10

Muitos remédios para emagrecimento já foram banidos do país pela Anvisa, sendo a Sibutramina o único sobrevivente nas farmácias que atuam sobre o sistema nervoso, porém existe agora um controle muito mais rígido sobre sua venda, dentre outras medidas de segurança de dosagem e forma de consumo. Mas afinal, quem pode tomar? Faz mal? Saiba tudo sobre este medicamento no texto a seguir.sibutramina

O que é a sibutramina?

Sibutramina é o nome comercial dado à substância base do medicamento, o cloridrato de sibutramina, indicado para tratamentos de obesidade (pacientes com massa corporal acima de 30 kg/m² ou 27 em casos de hipertensos), sempre mediante acompanhamento médico. Inicialmente, a sibutramina foi inserida no mercado como um antidepressivo, porém estudos e experiências começaram a perceber a ação do medicamento no controle da fome.

Sibutramina emagrece mesmo?

De fato, o principal local de atuação da sibutramina é no hipotálamo cerebral, local responsável pelo controle da fome do indivíduo; funciona como um bloqueio na recaptação de serotonina, dopamina e noradrenalina, isso faz com que o apetite diminua consideravelmente e a pessoa tenha mais facilmente saciedade comendo pouco.

Além disso, o medicamento torna-se um regulador do humor e poderoso ansiolítico, ajudando no controle da alimentação por conta de nervosismo ou ansiedade. Outro mecanismo da sibutramina o efeito termogênico no organismo, ajudando no maior gasto de energia e acelerando o metabolismo, sendo um excelente aliado para exercícios físicos.

Sendo assim, a sibutramina tomada corretamente, sob supervisão médica, emagrece sim. Porém, em muitos casos já relatados, assim que se para de tomar o medicamento, acontece o efeito-sanfona de alguns quilinhos retornando à pessoa; além disso, o medicamento possui uma série de contraindicações e possíveis efeitos colaterais.

Sibutramina faz mal?

A sibutramina é um medicamento supressor de apetite, ansiolítico, dentre outras características fortes que são consequências de sua ação no sistema nervoso central. Sendo assim, pode ter um impacto considerável nas pessoas, principalmente nas primeiras semanas, que é quando se manifestam na maioria dos casos os primeiros efeitos colaterais (como falaremos mais a seguir). Sendo assim, tomar na medida certa e com acompanhamento médico torna-se essencial para o remédio não fazer mal para sua saúde.

Além disso, o medicamento é contraindicado para gestantes, lactantes, hipertensos, pacientes com históricos pessoais ou na família de doenças cardiovasculares, pessoas com históricos de transtornos alimentares, quem sofre de cálculo renal ou patologias hepáticas, como também pessoas que apresentam transtornos emocionais, como bipolaridade, ou também que esteja fazendo uso de outros medicamentos antidepressivos ou para emagrecimento.

Efeitos colaterais da sibutramina

Dentre os principais efeitos colaterais relatados em casos médicos da sibutramina estão:

  • Aumento dos batimentos cardíacos;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Insônia ou dificuldades para dormir;
  • Dores de cabeça;
  • Dores nas articulações;
  • Náuseas;
  • Tonturas;
  • Alteração do funcionamento do intestino, causando diarreia ou prisão de ventre;
  • Problemas e dores estomacais;
  • Secura na boca;
  • Alteração do paladar;
  • Aumento de cólicas menstruais;
  • Modificações na libido sexual;
  • Alterações na visão;
  • Sudorese;
  • Alterações no humor;
  • Dores ao urinar;
  • Edemas (casos graves).

Como tomar sibutramina?

Segundo a Anvisa, a dose saudável recomendada diária é de 15 mg no máximo; mas isso não significa que seja para seu caso também, pois a quantidade deve também ser recomendada pelo seu médico. Dosagens pequenas sempre serão o ideal: geralmente, o tratamento se inicia com uma dose de 10 mg por dia, e por ir subindo ou diminuindo de acordo com a análise do seu médico mediante suas reações e resultados.

Onde comprar sibutramina?

O medicamento é comercializado em todo o país e seus valores vão variar de região para região. Em média, uma caixa com 30 cápsulas varia de R$ 50 a R$ 70 reais. É um medicamento que só é vendida com autorização médica e receita em mãos, e é somente recomendado e vendido para pessoas maiores de 18 anos.

Antes e depois de tomar sibutramina

Confira a seguir algumas fotos do processo de emagrecimento de diferentes pessoas que fizeram uso da sibutramina da forma correta. Se ficou interessado no medicamento, não se automedique e procure um médico para tirar suas dúvidas e saber se você deve tomar este ou outro tipo de medicamento. Cuide-se!

sibutramina antes e depoissibutramina antes e depois

Sibutramina: Emagrece mesmo? Faz mal? Efeitos colaterais, antes e depois
Avalie este post

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here