Hiperidrose: O que é, sintomas, desodorante, remédios, cirurgia

1
10

Quando estamos com alta temperatura corporal, seja por conta do clima quente, prática de atividades físicas ou até com febre por conta de alguma doença, é normal que o suor venha à tona para o controle da temperatura interna.


No entanto, muitas pessoas sofrem da temida hiperidrose, que é quando há suor excessivo sem causa aparente, afetando no seu bem-estar e convívio social. Saiba mais sobre a doença a seguir!

axila suada

O que é hiperidrose?

O excesso de produção de suor por parte das glândulas sudoríparas em partes como mãos, pés, rosto ou axilas é chamado de hiperidrose.

É uma doença que pode surgir sem causa aparente, provavelmente por hereditariedade, ou também ser estimulada de forma secundária a partir de outras doenças que envolvem distúrbios emocionais, de peso, problemas cardíacos, infecções, dentre outros.

Mesmo sendo algo que afete uma parte considerável das pessoas pelo mundo, só 40% de quem apresenta os sintomas doença buscam ajuda médica, achando ser algo “normal” e sem tratamento.

Sintomas da hiperidrose

A sudorese excessiva é o principal sintoma da hiperidrose. Esse aumento de produção de suor pode acontecer de forma repentina e totalmente inesperada, desde em um momento de relaxamento vendo TV a um momento de nervosismo antes de uma apresentação, por exemplo.

Normalmente, é seguida de manchas nas roupas, partes do corpo com aspecto molhado e muito constrangimento, até mesmo em simples situações como levantar o braço no ônibus ou cumprimentar uma pessoa apertando sua mão.

Outros sintomas da hiperidrose podem ser formigamentos, dores de barriga, tensão pelo corpo, sensação de medo e até insônia.


Principais características das hiperidroses:

Hiperidrose nas mãos (palmar)

Os casos de hiperidrose nas mãos são mais comuns em situações de nervosismo. Os sintomas básicos são suor excessivo, de modo a pingar das mãos; não causa nenhum tipo de odor, apenas desconforto e mãos escorregadias; impede a pessoa de fazer a maioria das atividades usando as mãos; e também causa constrangimento, inevitavelmente.

Assim como qualquer outro tipo de hiperidrose, pode surgir de repente. Dependendo da causa, o médico pode indicar como solução medicamentos para ansiedade, desodorante, acupuntura ou botox com um efeito temporário.

Hiperidrose nos pés

Ao contrário do suor nas mãos que é praticamente “inofensivo”, o excesso de suor na parte dos pés traz mais chances de consequências ruins como mau cheiro de chulé e possibilidade de bactérias e fungos entre os dedos causando doenças como micose e outras infecções.

Tais condições podem ser evitadas controlando as possibilidades de proliferação dos microorganismos, como com o uso de talcos e desodorante para pés, não calçar sapato com pé molhado e manter o higiene das unhas dos pés em dia também.

Dependendo do caso e da sua busca por solução, o médico pode indicar medicamentos, botox nas glândulas e até mesmo a cirurgia de simpatectomia lombar, a qual visa eliminar o suor na parte dos pés.

Hiperidrose no rosto

É normal suar pelo rosto, principalmente quando a gente faz exercícios físicos, pois a pele esquenta e manda suor como controle de temperatura, né? Mas no caso da hiperidrose no rosto, o suor vem muito mais forte, podendo até atrapalhar a visão com pingos nos olhos, suor escorrendo pela roupa ou afetando a qualidade das maquiagens também.

Recomenda-se usar produtos e maquiagens de acabamento seco na pele facial. E, se necessário, o médico pode indicar soluções mais definitivas como medicamentos de efeito interno antitranspirante, botox e a cirurgia de sintetractomia endoscópica torácica, na qual corta-se os nervos que ativam as glândulas sudoríparas faciais.

Hiperidrose nas axilas

Suar em excesso pelas axilas não é nada legal, pois faz a pessoa ficar constrangida em locais públicas, com vergonha de levantar os braços por conta das manchas. Além disso, tem a possibilidade de mau cheiro na área por conta do abafamento das roupas e do suor no local.

Os principais fatores para estimular esse tipo de sudorese são ansiedade, uso de produtos errados e má alimentação. Para um tratamento eficaz, o médico pode indicar uso de loções como as de sais de alumínio, mas algumas pessoas podem ter alergia; ou também botox temporário e até cirurgia para remoção das glândulas.

Desodorante para hiperidrose

Podemos encontrar no mercado desodorantes especializados em tratar a sudorese excessiva pelo corpo. Algumas marcas como Vichy, Driclor, Odaban ou Perspirex oferecem cuidados ideais com proteção estendida à pessoa.

O médico também pode sugerir de preparar um desodorante manipulado para seu caso, com concentrações de substâncias antitranspirantes maiores dependendo do seu nível de sudorese, sem substâncias que podem agredir a sua pele também. Vá ao médico e peça sugestões!

Qual médico procurar para hiperidrose?

Assim que perceber os primeiros sintomas, não hesite em procurar um especialista para diagnosticar o caso e assim poder indicar o melhor tratamento.

Procure um clínico-geral, dermatologista, endocrinologista, infectologista ou até psiquiatra ou psicólogo, que são profissionais capazes de diagnosticar e passar demais orientações. Não espere as condições piorarem, a ajuda médica é mais bem-vinda no princípio da doença.

Cirurgia para hiperidrose

Caso os tratamentos recomendados pelos médicos com medicamentos ou botox, por exemplo, não estejam fazendo efeito e você esteja ansioso para curar-se de uma vez desse suor excessivo, a melhor opção pode ser a cirurgia para cortar a produção de suor do corpo, de acordo com sua área de suor principal.

Essa cirurgia se chama simpatectomia e pode ser feita na parte do tórax, em que vai eliminar suor das áreas das mãos, axilas, rosto e pescoço; ou também pode ser feita no abdômen, conhecida como simpatectomia lombar, que vai cessar o suor nos pés, coxas e virilhas. Converse bem com seu médico se você está apto a esse procedimento cirúrgico.

Remédio para hiperidrose

Se mesmo com mudanças de hábitos o suor ainda continua excessivo, pode ser necessário tomar algum medicamento.

Os mais indicados pelos médicos são os anticolinérgicos ou anticolinesterásicos, na maioria das vezes indicados para casos de incontinência urinária, é o caso do Retemic ou Ditropan, de mesma fórmula a base de cloridrato de oxibutina.

Importante: Não compre medicamentos por conta própria, vá primeiro ao médico e saiba qual o melhor remédio para você!

Hiperidrose: O que é, sintomas, desodorante, remédios, cirurgia
Avalie este post

1 COMENTÁRIO

  1. Eu já testei diversas soluções para hiperidrose e posso dizer que o Odaban é o melhor, vale cada centavo…quem ainda não testou e sofre com este constrangimento, pode comprar que ficará muito satisfeito!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here