Dor na coluna: O que pode ser, quando se preocupar, como aliviar, tratamentos

0
18

Dentre as dores sentidas pelas pessoas no dia a dia, a dor na coluna é uma das que mais limitam os movimentos e cansam. Você sabe a origem da sua dor? Saiba que é importante entender o tipo de dor que você sente para assim relatar corretamente seus sintomas ao seu médico. E no texto de hoje você vai aprender a diferença entre dor nas costas e dor na coluna e conhecer formas de tratamentos possíveis.Dor na coluna


Entendendo a dor na coluna

Muitas pessoas confundem dor muscular com dor na coluna, acusando dores nas costas, principalmente na região lombar. As dores mais comuns são musculares, referentes a postura incorreta, esforços mal feitos, provocando travamentos, estiramentos e distensões. Tais dores também podem ser referentes a problemas em algum órgão interno do corpo, que refletem nas dores musculares. Os sintomas envolvem espasmos, fadiga e outras reações repentinas e dolorosas.

Já a dor na coluna é totalmente referente a problemas ósseos na área da coluna vertebral, que geralmente indicam desgastes, desvios ou enfermidades. Os sintomas são ainda mais fortes do que os das dores musculares, com fortes e intensas fisgadas, com a dor irradiando para os membros inferiores do corpo, reduzindo muito a capacidade motora do paciente, provocando sensibilidade, queimação e formigamentos na região. É bem incômodo e necessita de tratamento com urgência.

O que pode ser dor na coluna?

A dor na coluna está diretamente ao seu equilíbrio corporal. Quando estamos com a postura incorreta, seja sentado ou deitado, significa que estamos desequilibrados. Isso gera um esforço incomum na coluna, gerando compressão de ossos e articulações.

São algumas das principais causas de dor na coluna:

  • Postura errada: alterações no ângulo da coluna vertebral podem causar dores e lesões degenerativas, podendo encaminhar até para casos cirúrgicos.postura certa e errada
  • Muito tempo sentado: seja na cadeira do escritório ou no sofá da sua casa, sentar-se de mal jeito por longas horas pode acabar com sua coluna em curto e longo prazo.
  • Sedentarismo: uma rotina com pouca ou nenhuma atividade física pode ser a causa do enfraquecimento do seu corpo e sobrepeso, gerando desequilíbrio e sobrecarga na coluna; há quem também não mantém uma rotina constante de exercícios, daí quando pratica algo de forma aleatória, causa lesão na coluna.
  • Problemas ósseos: alterações degenerativas nos discos intervertebrais ou articulações; escorregamento de vértebras; desvios dos eixos normais da coluna; dor ciática; acometimento da coluna por patologias como hérnia de disco, artrose, estenose do canal vertebral, osteofitose, dentre outras.
  • Causas mais graves: Infecções que atinjam as vértebras com dor refletindo na coluna; tumores que começam nas costas ou em outras áreas do corpo, como no caso de algum câncer que se espalha pelo corpo; aneurismas; pedras nos rins; dentre outros.

Quando devo me preocupar com dor na coluna?

Se apenas a existência da dor não é um motivo suficiente para você buscar um médico, fique atento a outras características como:

Persistência da dor por um longo período: na maioria dos casos, analgésicos e repousos melhoram dores na coluna, mas se a sua continuar por mais de uma semana, fique atento e busque diagnóstico e tratamento com seu médico.

Se a dor piora depois de algum movimento: pode ser ao levantar, ao fazer determinado movimento com o braço ou perna, atividades do dia a dia como varrer casa, ou durante alguma atividade física.

Dor na coluna acompanhada de outros sintomas: formigamento, dor que irradia, dormência, perda de controle da bexiga ou intestino, braços e pernas pesados e sem força, dores de cabeça fortes, dores na nuca, dores nos ombros, limitação excessiva de movimentos, entre outros.

Como aliviar a dor na coluna

Dores simples podem ser solucionadas em poucos dias com uso de compressa quente na região da dor, alongamentos, correção de postura, banhos quentes e relaxantes, pomadas anti-inflamatórias, deitar-se de barriga para cima com os pés apoiados sobre almofadas altas. Caso essas dores persistirem vários dias ou aumentarem, procure um médico.

aliviar dor na coluna
Posições deitado para aliviar a dor na coluna.

Tratamento para dor na coluna

Outras formas de tratamento como fisioterapia e outras terapias podem ser necessárias de acordo com o que seu médico recomendar, como também, em casos extremos de dor, infiltrações de medicamentos anestésicos ou corticoides na coluna, acupuntura ou cirurgias. Para todos os casos de dor, procure não fazer automedicação e busque ajuda com um médico o quanto antes, evitando tratamentos errados e antecipando qualquer tipo de diagnóstico.

 

Dor na coluna: O que pode ser, quando se preocupar, como aliviar, tratamentos
Avalie este post

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here