Dieta paleo: O que é a dieta paleolítica? Prós, contras, receitas e mais!

0
1

Em busca do emagrecimento rápido? Saiba como a dieta paleolítica pode te ajudar com isso. Entenda também o que os especialistas da área de saúde e nutrição falam sobre essa dieta e saiba como pode encaixá-la no seu dia a dia de forma saudável.

Dieta paleo

O que é a dieta paleo?

A dieta paleolítica, ou apenas paleo como um apelido íntimo dos seu adeptos, é um tipo de adaptação na nossa alimentação que se baseia em como nossos ancestrais se alimentam.

Dentre as principais características podemos citar jejum prolongado, consumo livre de carnes e restrição a carboidratos.

Esse tipo de dieta foi retomado como uma forma de se livrar de todas doenças relacionadas à má alimentação como diabetes, problemas no coração e obesidade. É mais que uma dieta, e sim um estilo de vida.

Como funciona a dieta paleo?

A dieta paleo leva a uma redução de peso por causa da redução brusca do consumo de carboidratos. Alimentos como pão, massas e arroz elevam os níveis de glicose, a qual em excesso é metabolizada em forma de gordura e se acumula.

Logo, não comendo esse tipo de alimento, o emagrecimento vem muito mais rápido, como também evita inflamações, distúrbios hormonais e problemas no metabolismo.

Confira abaixo todos os alimentos permitidos e proibidos nessa alimentação que levam ao emagrecimento.

Alimentos permitidos e proibidos na dieta paleo

PODE:

– Carnes: O consumo de carne é liberado, de todo tipo de animal. Carnes são fontes ricas de proteína, que colaboram para a construção e recuperação de músculos e tecidos, como também participam na produção de vários hormônios, enzimas e anticorpos.

O consumo é “livre”, mas ainda assim deve ser moderado, já que excesso de proteínas pode causar efeitos colaterais como ossos fracos, sangue ácido e sobrecarga no trabalho dos rins. O saudável é que até 30% da nossa alimentação diária seja composta por carnes.

 

– Frutas e vegetais: Agarre-se nas frutas e vegetais, pois essas serão suas fontes permitidas de carboidratos, inclusive para equilibrar o prato e não consumir somente carnes.

O saudável é consumir no mínimo 5 porções (em média 400g) por dia, tanto de frutas quanto de vegetais. Frutas são até calóricas, portanto recomenda-se o consumo cru para maior saciedade.

 

– Peixes e oleaginosas: Não se preocupe com as gorduras que você esteja consumindo através das carnes, pois elas não devem ser cortadas da sua dieta.

Para não ficar sem muita gordura por priorizar carnes magras que são mais saudáveis, balanceie com o consumo de peixes de águas profundas como sardinha, atum e bacalhau, e também oleaginosas como castanhas, nozes, pistache, amêndoas e amendoim.

 

– Água: De líquido, somente água e nada mais. Isso contribui para o emagrecimento por auxiliar nas funções do organismo, ser o suficiente para manter-se hidratado e também você foge das calorias consumidas em sucos, refrigerantes, álcool e afins. Beba água!

 

– Jejum: O jejum de vez em quando é permitido, basta ser periódico e não cotidiano. Na dieta, o ideal é ficar de 16 a 24 horas sem ingerir qualquer alimento. No entanto, sabemos os efeitos negativos que o jejum pode provocar a partir da hipoglicemia.

 

* O que mais pode: Frutos do mar, ovos, sementes, nozes, gorduras saudáveis e de óleos naturais e chás. Em quantidades moderadas, raízes como cenoura, beterraza, inhame e abóbora, frutas de alto índice calórico como mamãe e bananas, e mel.

NÃO PODE:

– Grãos ou massas: Nada de consumir trigo, milho, arroz ou outros grãos. Sua única fonte de carboidratos deve ser de frutas e vegetais.

 

– Alimentos e bebidas industrializados: Esses alimentos são repletos de açúcares com poucas fibras, logo são rapidamente absorvido pelo organismo; portanto não agregam em nada na sua alimentação.

Prós e contras da dieta paleo

  1. Prós

  • Menos carboidratos é sinônimo de mais saúde e emagrecimento;
  • Comer mais carnes é vantajoso, pois contém proteínas e aminoácidos essenciais que só podemos encontrar em carnes;
  • Frutas e vegetais são excelentes nutrientes para nosso corpo;
  • Consumo de mais água traz mais saúde.
  1. Contras

  • Proteínas em excesso pode prejudicar os rins e retirar o cálcio dos ossos;
  • Frutas contêm açúcar natural, a frutose, portanto não podemos exagerar também, caso contrário a alimentação fica até com maior quantidade de calorias do que dietas comuns;
  • Gorduras estão liberadas na alimentação, isso pode ser arriscado, já que pode levar ao aumento de peso e trazer risco de várias doenças;
  • Longos períodos de jejum podem ser perigosos causando hipoglicemia, irritabilidade, dores de cabeça, falta de concentração, etc.

Como fazer dieta paleo? (Para iniciantes)

Para fazer esse tipo de dieta, você deve obrigatoriamente ter um acompanhamento profissional de um nutricionista.

Os médicos até aprovam esse tipo de dieta, porém apenas com acompanhamento profissional e monitoramento regular das mudanças no organismo que a alimentação vai causando, sofrendo adaptações se necessário.

Explique seus objetivos, tire dúvidas sobre a dieta paleolítica e monte um cardápio com médico para sua rotina. Para sua alimentação ser saudável, seu cardápio deve conter:

  • 55 a 75% de carboidratos;
  • 10 a 15% de proteínas;
  • 15 a 30% de gorduras.

Exemplo de cardápio da dieta paleo

Segunda-Feira:

  • Café-da-manhã: ovos mexidos com bacon, espinafre, tomate e orégano + 1 maçã verde;
  • Lanche: cinco nozes;
  • Almoço: salada de folhas verdes e tomate + 1 filé de peixe grelhado + 1 pedaço de mandioca cozida;
  • Lanche da tarde: 1 porção de morangos ou 1 pera;
  • Jantar: hortaliças cozidas + almôndegas.

Terça-Feira:

  • Café-da-manhã: 1 inhame cozido + um punhado de sementes de sua preferência;
  • Lanche: 1 pedaço de coco fresco;
  • Almoço: bife à rolê + salada de palmito com rúcula e tomate cereja;
  • Lanche da tarde: 1 fruta;
  • Jantar: frango grelhado + legumes refogados em óleo de coco.

Quarta-Feira:

  • Café-da-manhã: 2 fatias de pão de farinha de amêndoa + 2 ovos cozidos;
  • Lanche: ½ mamão papaia + 1 colher de chá de chia;
  • Almoço: 1 porção de carne assada + salada verde + legumes coloridos;
  • Lanche da tarde: 3 castanhas do Pará;
  • Jantar: 1 concha de purê de abóbora + espaguete de abobrinha ao alho e azeite.

Quinta-Feira:

  • Café-da-manhã: omelete com cogumelos, pimentão e cenoura + 1 laranja;
  • Lanche: sticks de pepino com molho de azeite, pimenta do reino, limão e sal;
  • Almoço: anéis de lula preparados com alho e azeite + aspargos grelhados + salada de repolho roxo;
  • Lanche da tarde: 2 colheres de antepasto de berinjela com 1 fatia de pão de farinha de amêndoa;
  • Jantar: 1 prato de sopa verde (couve, abobrinha e brócolis) com bacon.

Sexta-Feira:

  • Café-da-manhã: 2 fatias de pão de coco + 1 colher de mel;
  • Lanche: 1 xícara de salada de frutas de baixo IG;
  • Almoço: Frittata de brócolis, bacon, alho poró e cogumelo shitake;
  • Lanche da tarde: 2 muffins paleo;
  • Jantar: 1 lata de atum + legumes refogados e regados com azeite.

Sábado:

  • Café-da-manhã: ½ abacate + 1 ovo inteiro;
  • Lanche: 1 xícara de chips de abobrinha;
  • Almoço: Salmão grelhado com ervas + ½ batata doce cozida + couve refogada;
  • Lanche da tarde: 1 pedaço de chocolate amargo;
  • Jantar: 2 fatias de lagarto assado + salada de cenoura com beterraba.

Domingo:

  • Café-da-manhã: 2 fatias de bolo de cenoura paleo + 2 colheres de sementes de abóbora;
  • Lanche: 5 azeitonas ou 5 cerejas;
  • Almoço: 1 pedaço de carne de porco assada + salada de alcachofra;
  • Lanche da tarde: 1 porção de pudim de chia com cacau;
  • Jantar: “sanduíche” (sem pão) na folha de alface com carne grelhada, alface e agrião.

Fonte: Mundo Boa Forma.

3 receitas permitidas para a dieta paleo

  1. Receita para dieta paleo de coxa de frango com batata doce

Ingredientes:

Para o frango:

  • 6 coxas de frango;
  • 3 colheres de sopa de azeite;
  • 3 dentes de alho esmagados;
  • Sal a gosto;
  • Orégano a gosto;
  • Cominho a gosto;
  • Sementes de sésamo;
  • Pimenta do reino a gosto.

Para a batata doce:

  • 2 batatas doces;
  • Alecrim a gosto;
  • 4 colheres de sopa de azeite;
  • 4 dentes de alho;
  • Orégano a gosto;
  • Cebolinha a gosto.

Como fazer:

Tempere bem as coxas de frango e deixe marinando por 2 horas. Ligue o forno, aqueça em temperatura média e coloque as coxas para assar em papel manteiga por 45 minutos. Corte as batatas doces em rodelas finas, tempere bem e leve também ao forno por 40 minutos, até que fiquem crocantes por fora. Depois é só servir.

  1. Receita para dieta paleo de sopa de couve

Ingredientes:

  • 1 couve-flor;
  • 1 maço de couve finamente fatiada;
  • 3 abobrinhas;
  • 2 dentes de alho;
  • 1 cebola grande;
  • 1/2 molho de brócolis;
  • 1 couve-flor;
  • 1 fio de azeite;
  • 1 pitada de sal.

Como fazer:

Lave todos os vegetais. Descasque a abobrinha e leve todos os outros ingredientes para cozinhar em água com sal, exceto a couve e o azeite. Cozinha a couve em água e sal em outra panela.

Depois de tudo cozido, adicione azeite na água e junte tudo, até formar um purê. Junte a couve na mistura e é só servir sua sopa.

  1. Receita para dieta paleo de lombo de porco no forno

Ingredientes:

1 kg de lombo de porco;

  • 200 ml de vinho branco;
  • 4 dentes de alho;
  • Azeite de oliva a gosto;
  • Coentro a gosto;
  • Sal a gosto;
  • Tomilho a gosto;
  • Páprica a gosto.

Como fazer:

Coloque a peça do lombo na assadeira, tempere com alho, azeite, tomilho, coentro, sal e páprica. Coloque no forno a 180º por 45 minutos ou até ficar macio. Adicione o vinho e um pouco de azeite, se necessário. Deixe mais alguns minutos, retire do forno, corte em fatias e bom apetite!

Dieta paleo: O que é a dieta paleolítica? Prós, contras, receitas e mais!
Avalie este post

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here