Dieta japonesa: Como fazer? Emagrece mesmo? Prós e contras!

0
2

Não, a dieta japonesa não é uma dieta em que você vai comer só peixe ou sushi! Na verdade, é um tipo de alimentação que visa o emagrecimento rápido, como um choque no corpo para a perda de peso repentina.

Mas fique ligado, porque essa dieta não pode ser feita por mais de 7 dias seguidos, pois pode prejudicar a saúde! Saiba como fazer direitinho, prós e contras e o cardápio completo da dieta japonesa a seguir!

Dieta japonesa

Como funciona a dieta japonesa?

A dieta japonesa é um tipo de dieta muito restritiva, de baixas calorias diárias, em que ocorre redução dos carboidratos e aumento das proteínas. Seguindo à risca, é possível perder de 6 a 8 kg durante os 7 dias da dieta.

Não é uma dieta fácil de seguir, sendo considerada uma dieta de “fome”, portanto pode causar efeitos colaterais como fraqueza ou mal-estar se seguida por muito tempo.

Prós e contras da dieta japonesa

  1. Vantagens

– Perda de até 8 kg numa semana;

– Maior ingestão de vitaminas e minerais provenientes de boas fontes;

  1. Desvantagens

– O desequilíbrio nutricional que a restrição alimentar causa pode trazer sintomas como cansaço, mau humor, indisposição, preguiça, sono, dores de cabeça e demais sintomas relacionados à falta de energia.

– Riscos de efeito sanfona ao final da dieta. Após o 7 dias da dieta japonesa, a pessoa tende a voltar a comer normalmente e engordar tudo de novo, ou até mais, dependendo do descontrole.

Como fazer a dieta japonesa?

A dieta japonesa conta com um cardápio pronto para ser seguido, constando todos os alimentos permitidos.

Portanto, basta seguir o cardápio tradicional conforme planejado, respeitando os alimentos para cada horário do dia e não adicionando mais nenhum outro. São 3 refeições diárias, de baixíssimas calorias.

Além do cardápio restritivo, o consumo de água e chás sem adoçante é liberado; e o consumo de doces, frituras e bebidas alcóolicas é expressamente proibido.

Cardápio da dieta japonesa

O cardápio da dieta japonesa não é composto pelos pratos tradicionais que conhecemos mundialmente da culinária japonesa, e sim é focado numa alimentação nutritiva contando principalmente com frutas, legumes e verduras. Confira a seguir os 7 dias da dieta japonesa:

Segunda-feira:

  • Café da manhã

Café ou chá com adoçante;

  • Almoço

Dois ovos cozidos com sal e verduras;

  • Jantar

Um bife grande e salada de pepino e alface.

 

Terça-feira:

  • Café da manhã

Café ou chá com adoçante e um biscoito água e sal;

  • Almoço

Verduras e frutas e um bife grande;

  • Jantar

Apenas presunto à vontade.

 

Quarta-feira:

  • Café da manhã

Café ou chá com adoçante e um biscoito água e sal;

  • Almoço

Dois ovos cozidos, salada e tomate à vontade;

  • Jantar

Salada de repolho, cenoura e chuchu à vontade.

 

Quinta-feira:

  • Café da manhã

Café ou chá com adoçante e um biscoito água e sal;

  • Almoço

Um ovo cozido, cenoura crua ou cozida à vontade e uma fatia de queijo muçarela;

  • Jantar

Salada de fruta à vontade e um iogurte natural.

 

Sexta-feira:

  • Café da manhã

Café ou chá com biscoito água e sal;

  • Almoço

Tomate à vontade e filé de peixe frito;

  • Jantar

Bife e salada de frutas à vontade.

 

Sábado:

  • Café da manhã

Café ou chá com biscoito água e sal;

  • Almoço

Frango assado à vontade;

  • Jantar

Dois ovos cozidos com sal.

 

Domingo:

  • Café da manhã

Café ou chá com biscoito água e sal;

  • Almoço

Um bife grande e frutas à vontade;

  • Jantar

Comer o que quiser dentro desse regime.

Fonte: Mundo Boa Forma.

Dieta japonesa emagrece mesmo?

Sim, emagrece, pois é uma dieta de baixas calorias e que causa um choque no corpo pela redução drástica na alimentação. Quando o corpo recebe menos calorias provenientes da alimentação, ele começa a queimar o estoque de gordura acumulado para continuar processando suas atividades.

Não somente gordura é perdida nesse tipo de dieta restritiva, pois o corpo também começa a perder líquidos e massa magra. Por isso não deve ser feita durante longos períodos.

Sendo assim, se deseja emagrecer, a dieta japonesa é uma boa sugestão, mas apenas de curto prazo, sendo necessário manter uma alimentação saudável e exercícios físicos em dia para manter os resultados dos 7 dias da dieta.

Vale ressaltar que esse tipo de dieta restritiva deve ser feito somente por pessoas saudáveis e com nenhum tratamento de saúde pendente, pois existem possibilidades de carências nutricionais que causam efeitos colaterais e podem prejudicar ainda mais diversos tipos de tratamento.

Na dúvida, consulte um nutricionista e se informe melhor sobre essa e outras dietas.

Dieta japonesa: Como fazer? Emagrece mesmo? Prós e contras!
Avalie este post

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here